Tal mãe tal filha

Hoje eu tenho 46 anos e passei 5 anos comendo uma novinha que época tinha 20. Ensinei tudo a ela. Ela morava sozinha com a mãe. A mãe era uma mulher muito bonita e que tinha 38 anos e várias histórias de putaria na juventude. Uma vez, encontrei com as duas e elas falaram comigo. Depois ela disse que a mãe falou coisas sobre mim, que eu era um cara gostoso. Um dia, a menina me disse que estaria sozinha em casa e que eu poderia ir passar a noite lá. Eu cheguei por volta das 23h. Entrei e logo me agarrei com a novinha, botei a mão nos seios dela, toquei nela e a deixei molhada, chupei a buceta lisinha dela e mordi aquele rabo grande! Adorava deixar marcas naquele rabo! Fomos para o quarto da mãe dela e começamos a fuder, olhei e vi que havia uma pessoa nos olhando por uma brecha na porta do banheiro. Era a mãe dela!

Sexo Por Telefone

Enquanto metia na menina fingia que não tinha visto que estava sendo observado. Fiz atrocidades com a filha dela! Botei de 4, fiz ela me masturbar, comi o rabo dela e tapava a boca dela enquanto enterrava meu cacete naquela buceta. Sentei a novinha em meu caralho e enquanto ela mexia, eu apertava os seios dela. A novinha tem um rabao e eu a deixei empinada na cama, minhas mãos acariciavam aquela bundas então enterrei meu pau no cu dela enquanto puxava o cabelo dela que gritva de prazer e dor. Quando gozei disse a ela que ia ao banheiro e ela pediu que eu fosse no do quarto dela porque aquele estava muito sujo. Dei uma de doido e fui. Quando sai, a novinha disse que eu deitasse lá com ela, agora no quarto dela. Sai às 5h para não levantar suspeitas e vi que o quarto onde trepamos estava fechado. Fui embora para casa e fiquei trocando mensagens com a menina. Até que descobri na conversa onde a mãe dela trabalhava. Passei no local de trabalho da mãe dela no horário da saída e ofereci carona dizendo que era um amigo da filha dela. Quando ela entrou no carro eu fui direto ao assunto:
– eu sei que vc estava no banheiro enquanto eu comia sua filha! Não sei a razão mas eu vi você nos olhando. E agora só penso em fuder você!
A mulher disse que não podia naquele dia mas que também queria uma oportunidade. Mas eu peguei a mão dela e coloquei na minha coxa. Eu disse a ela que ela poderia conferir o material. Ela foi me masturbando até perto da casa dela. Deixei ela com meu número e toda noite nos falávamos, ela mandava nudes e a vontade foi só aumentando. Até que ela ligou dizendo que estava me esperando no final da rua e eu fui imediatamente. Ela entrou no carro estava com um vestido preto curto. Sentou e disse que estava toda de preto. Eu a levei para um motel. Enquanto eu metia ela mandava eu fuder como fudi a filha dela. Eu comi a vontade, e ela perguntava como eu me sentia comendo a mãe e a filha. Essa mulher trepava divinamente. Foi uma das melhores trepas que ja dei. Do tempo todo que fiquei comendo a novinha, quase dois passei comendo ela e a mãe.

Disk Sexo

4 thoughts on “Tal mãe tal filha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *