Meu Primo Não Me Queria

Tenho 24 anos e vou contar uma historia que aconteceu a 8 anos atras, me chamo Mariana tenho 1,65 de altura bunda media redondinha e peito pequeno, na época tinha 18 aninhos, uma ninfetinha deliciosa rsrs. Eu tenho um primo delicioso que na época tinha 22 anos, ele e bem mais alto que eu, tem tipo uns 1,85 por ai, ele tem um corpo gostoso não muito sarado mais que e uma delicia, ele tem aquele estilo nerdao, parecia nunca ter pegado uma mulher. Eu sempre ia dormir na casa do meu tio por isso eu sempre via meu primo, e eu sempre mostrava que eu estava afim dele, alem disso andava com roupas provocativas, quando nos ficávamos sozinhos eu usava só calcinha e sutiã, mas ele não mostrava querer

Sexo Por Telefone

fazer nada comigo, depois de muito tempo de eu esperar ele agir, um desses dias que nos estávamos sozinhos eu agi, meus tios tinham saído para fazer alguma coisa que eu não me lembro, só me lembro que eles iam demorar. Nesse dia quando eles saíram, o meu primo estava na sala, eu coloquei uma lingerie deliciosa vermelhinha e rendada e sai do quarto, fui e sentei no sofá, e nada dele vir para cima de mim, eu esperei um pouco levantei e fiquei de pé na frente da televisão, ele só me pedia para sair da frente televisão, e eu perguntei para ele.
– Você não gosta de mulher não?
Ele deu uma debochada sem me olhar diretamente e falou para mim.
– E logico que eu gosto, mas você e minha prima.
Eu naquela hora dei uma risada e eu falei.
– Ta mais idai? Vai me dizer que você nunca pensou em fazer alguma coisa comigo?
Na hora ele disfarçou e olhou para o lado, eu fiquei olhando para ele e ele não falava nada, já que eu vi que ele não ia fazer nada eu comecei a tirar a parte de cima da minha lingerie, ele me olhou assustado, levantou e foi para perto de mim.
– Ou, ou o que você ta fazendo?
Na hora eu olhei para ele com uma cara de safada e terminei de tirar a parte de cima da lingerie, ele virou a cara para o lado sem olhar para mim.
– Poe isso de volta.
E já que ele estava parado perto de mim, eu cheguei bem pertinho dele e peguei o pau dele por cima da calca e eu perguntei.
– Você tem certeza que não quer a sua priminha?
Quando eu peguei no pau dele eu vi que ele já estava bem duro, acariciei um pouco o pau dele ainda por cima da calça, e falei.
– Você pode falar que não quer, mas o que esta aqui em baixo diz outra coisa.
Ele ainda estava olhando para outro lado e não falou nada, eu abracei ele e dei uns beijos no pescoço e no rosto dele, abaixei e fiquei de joelhos com a cara de frente para o pau dele dentro da calça e falei.
– Ja que você não esta falando nada agora, bom eu vou continuar.
Eu abri o zíper e abaixei a calça dele, ele ainda estava de cueca, e nossa, já pela cueca eu pude ver que ele tinha um belo pau, bem grosso e veiudo, dava umas três mãos minha e ainda sobrava pau para eu chupar, eu dei uns beijos por cima da cueca no pau dele e levantei tirando a camisa dele, passei a mão naquele corpo gostoso, ele ainda estava com a cara virada, eu peguei no queixo dele e virei o rosto dele para mim, eu estava com uma carinha de safada mordendo os lábios, ele me olhou e deu uma suspiro pesado, eu beijei o queixo dele olhei para ele, depois dei um beijo na boca dele como um selinho por que ele não me beijou de volta, olhei para ele com um rosto de mal e empurrei ele.
Ele caiu sentado no sofá, eu fui para cima dele e sentei em cima dele, por mais que a calcinha e a cueca estivesse atrapalhando eu pude sentir aquele pau gostoso na minha buceta, ele pulsava muito, e eu tentei beijar ele de novo e de novo ele não quis me beijar, já que ele não queria me beijar eu investi no pau dele, desci de cima dele, beijei aquele peito gostoso desci pela barriga lisinha dele, dei mais uns beijos no pau dele por cima da cueca e tirei a cueca, bem naqueles filmes porno sabe, o pau dele saltou para fora e bateu na minha cara, dei outra risadinha safada olhando para ele de trás do pau, aquele pau grande e veiudo pulsava, não consegui me conter, na hora dei uma lambida da base para a cabeça e abocanhei aquele enorme pau, chupei deliciosamente aquele pau, botei minhas mãos nele, chupava a cabeça e punhetava o pau, eu consegui escutar ele começando a gemer baixinho, aquela cabeça quase não cabia na minha boca, chupei ele por um tempo, ate que ele segurou minha cabeça enfiando seu pau o máximo que dava, ele finalmente tinha mostrado o que ele queria, mas eu engasguei forte, empurrei minha cabeça para cima tirando aquele pausao da minha boca, eu continuei chupando ele por mais um tempo e parei, levantei fiquei de costas para ele, e abaixei minha calcinha devagarzinho com as pernas juntas sem dobrar os joelhos, ele teve uma visao perfeita da minha bucetinha carnuda e peludinha, na hora ele agarrou minha bunda e me segurou naquela posição e começou a chupar minha buceta.
Mas que delicia, ele passava a língua por toda a minha bucetinha, eu comecei a gemer e já que eu estava naquela posição eu não podia fazer nada nele, eu só acariciava a canela dele que era a única coisa que eu alcançava, depois de um tempo ele parou de me chupar, e de forma bem bruta puxou meu cabelo me levantando, ele me virou, beijou minha barriga pegando nos meus peitos e lambeu um pouco a minha buceta pela frente, depois ele me levantou com as mãos e me colocou em cima dele, ele apontou o pau na minha buceta e falou para eu sentar, na hora eu falei que queria camisinha, mas ele disse que não e mandou eu sentar de novo, eu não tinha opção e fui sentando devagarzinho, aquele pau grosso doía muito para entrar, eu não era virgem já tinha fodido algumas vezes, mas o pau dele era bem grosso e custava a entrar, eu tentei e tentei mas o pau dele não entrava. Ele me abraçou e me deitou na sofá, tipo papai e mamãe, ele foi no quarto dele pegou um lubrificador, passou na minha buceta e na ponta do pau dele, comigo deitada ele colocou a ponta do pau na entrada da minha buceta, e pela primeira vez me beijou, ele me beijou sem enfiar o pau ate que numa estocada só ele enfiou todo aquele pau na minha buceta, na hora eu dei um grito bem alto, não consegui me conter doeu muito, mas foi bem gostoso.
Ele começou a meter gostoso, eu passava minha mão pelo seu corpo e gemia gostoso, ele estocava cade vez mais forte, sem do, a cada estocada eu gemia alto, ate que eu gozei gostoso naquele pau, depois que eu gozei ele parou e falou que queria me comer de costas, então eu deitei com a bunda para cima arrebitei um pouquinho, ele pegou o lubrificante, passou no meu cuzinho, na minha buceta e no pau dele de novo, achei que ele só tinha passado no meu cu por causa do angulo, mas.
Na hora ele começou a estocar minha buceta de novo e com força ate que ele parou, tirou o pau de dentro da minha buceta e colocou na entrada da meu cuzinho, nessa hora eu perguntei para ele.
– Pera ai, o que você vai fazer?
Ele sem falar nada colocou só a cabecinha dentro, eu ate que gostei da sensação, e do nada ele enfiou de uma vez no meu cu, dessa vez eu gritei de dor, nossa aquele pau arregaçou o meu cu, ele parou e foi do meu lado e falou.
– Você não queria que eu fudesse com você, agora aguenta.
Quando ele terminou de falar aquilo ele começou a estocar ainda mais e mais forte, eu gemia alto, ate que ele parou e gozou gostoso no fundo do meu cu, nessa hora eu gozei de novo, ele tirou o pau do meu cu, o pau estava um pouco sujo por que eu não sabia que aquilo iria acontecer, ele pegou papel higiênico para nós nos limparmos e para não sujarmos o sofá que estava encharcado de suor, nos ficamos um tempo parados de frente um para o outro e eu fui tomar banho, quando eu estava tomando banho meus tios chegaram, e a vida continuou normal, nos sempre fudemos assim quando temos chance.

Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *