A irmãzinha gostosa do meu marido

Como contei em meu conto anterior, descobri que meu marido Rodrigo tinha umas taras gays,
e descobri que q as vezes ele chupava o pau do seu coordenador qdo rolava “hora extra”,
conversamos muito e usamos tudo isso a nosso favor e com tesão vi algumas vezes ele e outro homem se pegando na cama
, fantasia que sempre tive e o fiz de femea algumas vezes, outra fantasia que sempre tive.
Independente de tudo isso eu é que fui flagrada por Rodrigo numa situação complicada.
Ele tinha uma irmão que vi criança, Renata, que por morar em Florianópolis, chegamos a ficar quase 6 anos sem nos vermos, até
que ela veio fazer uma prova no IBGE da Tijuca RJ, e aproveitou para ficar 1 semana a mais e passear por aqui…mas qdo chegou não era mais aquela menina de 13 anos que havia visto da ultima vez.
Quem entrou em casa foi uma super gata de 19 anos que chamava a atenção por onde passava, era morena de cabelos e olhos negros linda de rosto e com um corpo invejável.
Como Rodrigo estava trabalhando eu fui pega-la após a prova na Tijuca, e muito euforica por ter ido bem na prova, disse ter
certeza que entraria e disse que queria tomar uma cerveja para brindar e comemorar, combinamos então de tomar uma para simbolicamente comemorarmos, mas essa uma virou varias e bebendo conversamos muito, até ela me dizer que tem varias amigas que curtem mulher e algumas até tem namorado.
Qdo resolvermos voltar foi no caminho que perguntei se ela ja havia tido atração por outra mulher e ela surpreendentemente me disse que adora homens , mas ja
ficou atraida por muitas mulheres…dai pra eu contar que me amarrava em ir pra cama com uma gata foi rápido..
Ao chegarmos em casa, fomos comer algo na cozinha e la´ela me perguntou:
– Vc tem mais tesão em chupar uma mulher ou ser chupada?
Sincera disse que me atraia muito chupar uma gata e faze-la gozar…
Foi a imediata sua resposta:
-Eu teria muito tesão se vc me chupasse…
Não adiantaria nada naquela hora e nem por um momento pensei que ela era
a menininha que conheci, a irmãzinha do meu marido, pra mim ela era uma gatérrima muito gostosa e
num impulso encostei-a na pia e beijei sua boca muito demoradamente, e desci para seu pescoço,
levantei sua blusa e chupei muito seus peitos perfeitos demorando muito no biquinho que estava durinho,
Abaixei sua calça e vi que ela estava com uma calcinha muito deliciosa e safada que não abaixei, mas
afastei para o lado e lambi muito seu clitóris até ouvi-la gemer, e enfiei minha lingua o mais fundo que consegui dentro daquela bucetinha
cheirosa e molhadissima…Qdo ela gozou começou a tremer parecendo que havia tomado um choque, e disse que foi bom demais e que nunca havia sentido isso sendo chupada por um homem.
No dia seguinte eu estava meio sem jeito, mas ela não, e assim que Rodrigo saiu para trabalhar me perguntou se nesse ultimos 4 dias que ficaria seria maravilhoso se eu a chupasse,,,todo dia!!
E foi o que rolou no 1 e 2 dia..no 3 eu peguei sua cabeça após beija-la e empurrei pra baixo e ela sem resistir,
abaixou e mesmo sem experiencia colocou sua lingua por toda minha bucetinha, e mesmo demorando para gozar ela me chupou até o fim…
No penultimo dia fomos a um motel e nos chupamos tanto que pela 1 vez eu vi uma ejaculação feminina, ela esguichou na minha boca, foi tudo!
No ultimo dia, ela iria embora as 20:00 e Rodrigo não foi trabalhar para leva-la e se despedir, o que não nos deu oportunidade para especialmente nós nos “despedirmos”.
2 horas antes de sairmos renata tomou um banho e do quarto me chamou para ajuda-la a escolher uma roupa, eu ja sabendo que não era roupa nenhuma fui já com um tesão diferente,
no quarto, pela 1 vez ela tomou a iniciativa e me beijou, e me puxou para a cama onde pela 1 vez rolou um 69 isso me deu tanto tesão que não demorei a gozar, e como não sou egoista
continuei a chupa-la até retribuir a gozada maravilhosa que ela tinha me dado, mas como no dia em que fomos no motel, ela teve um orgasmo forte e esguichou na minha boca muito mais que no motel,
mas tudo isso seguido de um gemido altissimo que mais parecia um grito, que fez Rodrigo entrar correndo no quarto e me pegar com a cabeça no meio das pernas dela com a boca enfiada naquela bucetinha linda o rosto molhado de seu orgasmo…e ela com as pernas quase que 180º gemendo…
A cena foi chocante pra ele que a via como uma menina….
brigamos muito os tres…
Foram meses ate as coisas voltarem ao normal, ela nos visita 2 vezes ao ano mais ou menos e é a unica gata que me pega em casa e Rodrigo não quer ver…
(ela me disse que não se incomodaria se ele quisesse ver nossa sendo lésbicas na cama…quem sabe um dia a 3…se acontecer contarei em detalhes)

Sexo Por Telefone
Disk Sexo

One thought on “A irmãzinha gostosa do meu marido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *