Comi a minha mãe

Olá boas, eu sou o Samuel tenho 17 anos 1.71 de altura , corpo normal e um pau de 23 cm , e minha mãe Camila de 46anos branca magra um tesão de mulher , com um corpinho de menina dá de 10×0 em muitas de 18 anos .
Minha mãe estava em crise com meu pai a 2 anos porque não suportava mais a bebedeira dele e suas amantes o ligando , eu estudo no período da maanhã e ela trabalha das 8:00hs às 17:00hs é secretária de um escritório de contabilidade aqui em Lisboa ,meu pai presta serviço em uma firma que tem varias filiais aqui no Portugal

Sexo Por Telefone


Tudo aconteceu no começo desse ano notei que a falta de sexo estava pirando a cabeça dela já que ela sempre foi mito fogosa nosso relacionamento sempre foi muito liberal ele sempre andou de calcinha pela casa desde quando era casada , eu sempre tive pensamentos maliciosos com o corpo dela me acabava na punheta pensando naquela buceta rosada deliciosa .
Depois que meu pai saia para trabalhar era cada vez mais constante ver aqueles lindos seios pela manhã .
Nos finais de semana é dia de faxina no sábdo logo cedo ela começa o barulho entra no meu quarto e me acorda mas nesse dia ela teve uma surpresa , eu dormi sem camisa e sem cueca só com um short que uso pra jogar bola , ela me chamou eu fingi que estava dormindo olhei com os olhos cerrados e vi aquela gostosa só de calcinha e uma blusinha , meu pau ficou vibrando , ela veio em minha direção e puxou o edredom de vez , ela bateu o olho logo na minha vara e falou meu Deus Samuel , sorrio e saiu do quarto
Um dia a noite sentamos no sofá para assistir tv meu pai foi para uma conferencia em Cascais,então começamos a conversar ela veio e perguntou como eu estava me saindo com as garotas , se eu estava namorando , notei que ela estava um pouco alterada com um cheiro de bebida , eu falei que sempre ficava com umas meninas da escola mas que não rolava nada de mais , ela já foi logo falando que as meninas de hoje não sabe namorar mais que quando ela estudava sempre ficava com os meninos da escola , e começou a me cotar sobre um colega dela que era o mais safado daquela época , ela falou que ele sempre pegava ela e que já ia logo chupando os seios e metendo a mão na sua buceta e ela já pegava com gosto na vara dele ; na hora eu fiquei perplexo de estar ouvindo isso , e ela fazia uma cara de puta , eu relaxei e dei corda pra ela , ela perguntou qual o tamanho do meu pau , ai foi que eu fiquei doido ela levantou foi na cozinha e trouxe um litro de vinho com dois copos , encheu e eu virei de vez , ela me olhou e disse nossa você vai ficar bêbado desse jeito , e sorriu eu olhei pra ela e disse ao invés de falar o tamanho você não prefere ver ela sorrio tomou o seu vinho de uma vez e falou você deixa , lógico , ela levemente abaixou o meu short e viu minha vara que estava quase explodindo dentro da cueca , ela me olhou e falou nossa Samuel que pica é essa maior que a do seu pai , e você não comi ninguém com uma ferramenta dessa ? eu falei que já tinha transado mas ela não acreditou , e falou você tem que foder com uma mulher de verdade pra ficar expert , tomamos o vinho todo , ela estava pegando no sono me olhou e falou que ia pra cama , passou alguns minutos voltou com um shortinho , e uma blusinha me deu um selinho e foi pro quarto , na hora eu fiquei louco era a oportunidade de rasgar aquela cona, passou alguns minutos desliguei a tv passei no quarto dela e falei baixo , mãe ! ela ainda estava acordada falou o que foi filho ? eu falei posso dormir aqui hoje , ela virou pra mim e falou claro filho é bom que você me esquenta , eu me deitei debaixo do seu cobertor percebi que após alguns minutos ela não ficava quieta foi até o banheiro e quando voltou veio tinha tirado o shot , deitou e virou as costas para mim , quando percebi que ela dormiu comecei a passar a mão de leve na sua bunda , ela empinou seu bumbum pra mim eu baixei meu short e fiquei com meu pau esfregando na bunda dela , ela virou me olhou e me deu um beijo com a mão na minha vara , foi descendo beijando meu peito minha barriga até chegar na cabeça do meu pau , nossa que sensação ela mamava como uma puta , batia punheta e chupava ao mesmo tempo deitou sobre mim colocou a bucetta na minha boca e falou vai meu bebe chupa a mamãe vai , eu meti a língua o mais fundo que pude , até ela gozar .
Ela me beijou mais uma vez e falou você jura que não vai contar nada pra ninguém , eu falei juro , ela falou quem comi quieto comi sempre então vem comer a bucetinha da mamãe vem ficou de quatro e eu comecei a estocar cada vez mais fundo e mais forte ,e ela gritava cada vez mais alto fode filho fode a mamãe vai , gostoso , é isso que eu preciso de um homem gostoso me fodendo vai , até que gozou novamente eu deitei e ela veio por cima começou a pular como uma menininha , até que eu não consegui segurar mais e gozei , nossa que tesão , ficamos abraçados e caímos no sono logo de manhã de domingo fui acordado com uma chupeta maravilhosa da mamãe e começamos foder novamente , como meu pai iria chegar na segunda a tarde aproveitamos o Domingo para nos divertir passamos o dia inteiro bebendo nus na casa foi uma verdadeira putaria com minha mãe , e assim virei seu amante aproveitamos quando estamos a sós para foder na sala , banheiro cozinha e etc… fico contando os dias para meu pai viajar , só pra ficar a sós com minha mulher .

Disk Sexo

2 thoughts on “Comi a minha mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *