Amigo do meu filho

Meu nome é Amanda (fictício), tenho 42 e sou viúva a 5 anos, tenho um filho de 17 é uma filha de 15!
Sempre me preocupo em ficar bem cuidada, perfumada e bem produzida, tenho seios grandes, bunda grande, mas não sou gorda, apenas avantajada rsrs.
Moramos afastado do centro em uma cidade do interior, e sempre meu filho trás os amigos pra passar o final de semana aqui, e vive implicando comigo pelas roupas que eu uso, gosto de uns shortinhos curtos e camiseta grande em casa.
Em uma certa semana meu filho trouxe um amigo que eu nunca tinha visto, e logo de cara percebi os olhares dele, mas fiz de conta que nao acontecia nada,

Sexo Por Telefone


O rapaz não tirava os olhos, e eu acabei gostando disso.
De repente eu estava na cozinha e chega esse rapaz, me dá uma olhada de corpo inteiro e pede um copo de água, peguei o copo pra ele, e ele falou que eu era muito bonita.
Agradeci e sai dali.
Não sei por que , fiquei com desejo daquele rapaz, ele era magro, não muito bonito, mas tinha um olhar malicioso.
Resolvi provocar, ele e meu filho estavam no sofá assistindo tv, passei na frente deles com um shorts bem curto, deixei o controle da tv cair e abaixei para catar, deixei minha enorme bunda virada pra ele, sai sem falar nada.
Mais tarde meu filho disse que ele ia dormir na nossa casa, pensei várias coisas já kkkk,
Deu a hora de dormir, meu filho foi pro quarto, e eu arrumei um quarto do lado do meu para o rapaz, longe do quarto do meu filho.
Não sabia o que fazer pra pegar aquele rapaz, então tive uma ideia, coloquei apenas uma calcinha bem atoladinha no meu bumbum, e deitei de bruços na minha cama, deixei a porta semi aberta, eu sabia que ele ia me ver a hora que ele fosse no banheiro.
Deitei e acabei dormindo, de repente acordei com o barulho da descarga do banheiro, mas continue imóvel, deitada de bruços.
Percebi que ele parou na porta do quarto me olhando, e depois ouvi barulho dele ao meu lado, fingi que dormia, acho que ele estava se tocando, resolvi me virar pra eu poder ver ele melhor, mas nessa hora ele assustou e saiu. Fiquei deitada de costas, e em menos de dois minutos ele estava na porta do quarto de novo, fiquei espiando ele com os olhos quase fechados pra parecer que estava dormindo.
Ele se aproximou e ficou olhando emissão peitos, e olhava também na reta da minha bucetinha, que fica sempre marcada com a calcinha.
Pra minha surpresa ele colocou sua mão por dentro do shorte, e ficou massageando seu pau e me olhando, de depende ele arrancou o pau pra fora, nessa hora eu assustei, meus com os olhos quase fechados, eu vi aquele pau monstruoso, algo anormal.
Parecia ter uns 20 cm, mas era muito grosso, muito mesmo.
Ele ficou se tocando e me olhando, ele foi perdendo o medo de me acordar e foi chegando perto, de repente ele tocou meus peitos, ficou passando a mão nos biquinhos, eu arrepiei toda, com uma mão ele se punhetava, e com a outra ele acariciava meus seios.
Fui ficando excitada, toda arrepiada, e fui ficando molhada, ele se aproximou daminha buceta, e deu uma cheirada, depois ele puxou a calcinha de lado, e passou o dedinho nela, ela estava encharcada já.
Eu dei uma revirada no dedo dele, e me deitei de lado pra disfarçar.
Nessa hora ele avisou de vez, vejo com aquele mastro na direção daminha boca, e ficou passando aquela cabecona nos meus lábios.
Não resisti, abri minha boca e passei a língua naquele pau, e abri meus olhos também, e vi ele se contorcendo de prazer.
Nessa hora eu chupei pra valer, colocava a cabeça do pau dele na boca e sugava pra valer, só cabia a cabeça .
E ficou louco, e já foi arrancando minha calcinha, minha buceta já até escorria, ele chupou bem gostoso me enlouquecendo, depois ele subiu no meio da minhas pernas e direcionou aquele pau na minha fenda, nessa hora eu gelei de medo, ele forçou a entrada, mas não ia.
O pau era muito grosso, e não tinha como entrar, ele ficou forçando a entrada, eu queria sentir aquele pau, mas não entrava, então mudamos de posição, fiquei de 4 pra ele, e com as mãos eu abria minha bunda pra ficar bem exposta, ele veio por trás e foi colocando aquele pau, quase morri, ele me arrombava, sentia dor e prazer, parecia que ia me abrir, e segurou na minha cintura e foi socando, entrou pouco mais da metade, eu gemia e melava o pau dele, ele começou um vai e vem e eu fui gemendo, ele foi enfiando mais forte, a dor era grande, mas eu não aguentei e gozei loucamente, mas ele não parou e foi socando mais forte, ele fodia sem dó, gozei três vezes, e hora que eu quase não aguentava mais, ele gozou um jato forte me lambuzou toda.
Ele acabou de gozar e saiu do quarto, fiquei lá deitada, com abuceta toda aberta, gozada, ardida, tomei um banho, e vi o estrago que ele fez, minha buceta estava detonada, mas acabei ficando excitada de me ver e acabei me tocando antes de dormir.
Agora quase sempre esse amigo do meu filho vai dormir lá em casa, mas ninguém desconfia, tô apaixonada naquela rola enorme.

Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *